Da sala para a estrada, como começou a aventura.

Km a km, registo das
5 etapas que criaram esta jornada.

Em imagens: lugares e pessoas, protagonistas da viagem.

1000Km, um carro.
A bordo do novo
Opel Meriva.

Opel Meriva 1.3 CDTI ecoFLEX

  • Versatilidade: sistemas FlexDoors, FlexSpace e FlexRail criam novas referências;
  • Design elegante: linhas fluidas, habitáculo luminoso com tecto de abrir panorâmico;
  • Funcional, seguro e com estilo: ergonomia ideal para os passageiros;



  • Desenvolvido com o propósito de se tornar no campeão da versatilidade, o Opel Meriva exibe grande sentido de ergonomia: trata-se do primeiro automóvel de sempre a receber o selo de aprovação da Aktion Gesunder Rücken (AGR) – associação alemã de médicos independentes e especialistas em ergonomia – que certifica o sistema ErgoFlex, constituído por:

  • Sistema FlexDoors de portas traseiras com abertura antagónica (portas traseiras com dobradiças posteriores), que facilita as entradas e saídas do automóvel. A configuração das portas atribui um visual distinto além de conferir utilização mais práctica, facilitando, entre outros movimentos, o processo de instalar as crianças nos respectivos assentos. Para maior acessibilidade, as FlexDoors têm um ângulo de abertura de 84 graus, superando por larga margem os 67 graus das portas convencionais. A linha ondulada da janela realça a astúcia desta característica.



  • Sistema de bancos traseiros FlexSpace, aperfeiçoado nesta nova geração. Menor número de movimentos e intuitividade incrementada para deslocar os bancos traseiros e respectiva alteração de configurações. O FlexSpace permite que os bancos traseiros acomodem um, dois ou três passageiros – mantendo, ainda assim, uma considerável capacidade da bagageira. A configuração especial "Lounge" permite sentar dois passageiros com espaço adicional ao nível das pernas e ombros; solução que proporciona dilatado conforto.

  • Bancos dianteiros com grande amplitude de regulações: ajuste longitudinal de 240 mm e em altura de 65 mm, o que permite aos ocupantes de qualquer estatura encontrar a posição mais adequada e confortável. Os bancos dianteiros ergonómicos, possuem ainda encostos de cabeça com quatro possibilidades de regulação, apoio lombar e apoio ajustável para as coxas;



  • Porta-bicicletas FlexFix opcional, integrado no pára-choques traseiro. Uma ajuda que evita os esforços infligidos às costas pelo levantamento de objectos pesados. A AGR enaltece o facto da facilidade de utilização do FlexFix induzir à prática do desporto.



    O espaço para arrumação aumentou em todo o habitáculo devido ao aproveitamento eficiente do espaço entre os dois bancos da frente. Isso foi possível graças ao revolucionário sistema de consola FlexRail, módulos de arrumação intercambiáveis que deslizam em calhas de alumínio entre os bancos dianteiros, o local mais acessível aos ocupantes. A criação do sistema FlexRail tornou-se possível graças à disposição elevada da alavanca da caixa de velocidades e ao travão de estacionamento eléctrico de série. A harmonia entre os componentes do FlexSpace permite a concórdia entre a habitabilidade dos passageiros e a capacidade de carga lavrada pelos 32 espaços de arrumação, entre bolsas, compartimentos e gavetas dispersos pelo interior. Os versáteis sistemas FlexSpace e FlexRail integram o vasto equipamento de série em todos os Meriva.

    O novo Meriva é a combinação ideal de design expressivo e inovações para o dia-a-dia. O Meriva amplia a linguagem de design da Opel/Vauxhall subordinada ao princípio "arte escultural aliada à precisão alemã", trazendo visual fresco ao segmento dos pequenos monovolumes e eliminando o formato de “caixote” geralmente associado aos monovolumes, substituindo-o por uma silhueta fluida e uma linha de tejadilho arrojada.

    A gama do novo Meriva em Portugal possui dois níveis de equipamento – Enjoy e Cosmo – ambas com equipamento de série completo, em combinação com uma escolha de motorizações a gasolina (1.4 e 1.4 Turbo) e turbodiesel (1.3 CDTI e 1.7 CDTI), equipados com caixas de velocidades com cinco relações, seis nas unidades mais potentes. Opcionalmente o Meriva pode ser configurado com transmissão automática de seis velocidades associada ao motor 1.7 CDTI.

    O motor 1.3 CDTI EcoFlex debita 95 cv de potência máxima a par de um binário máximo de 180 Nm, situando-se o consumo no ciclo misto em 4,5 l/100 km e o nível de emissões de CO2 em 119 g/km.

    Download Ficha de Produto (PDF)
  • PUB
    PUB